Home

Ask

submit

Facebook

Fanfic

euamojem:

meuuniversosertanejo:

E pra quem assim como eu achava que a nova música do Jorge&Mateus #LogoEu era lenta..

Vish acho que se enganou viu !


Mulher é foda mesmo. Têm todos os motivos do mundo pra mandar o filho da puta sumir, e acaba respondendo o sms que não era pra responder.
— Tati Bernardi   (via hugm-e)


Querem fanfic ? *-*


Pareço legal, mas fico observando as pessoas da minha sala quando elas estão distraídas.



Ela era inteligente… Até se apaixonar.
Sex and The City.   (via doistonsdeamor)

Como não amar minha gente? *-* Minha sis que escreveu no dia que os amores foram em Londrina *-*


Trigésimo terceiro capitulo

— Acho que encontrei o amor da minha vida, aquele que você olha pra pessoa e fala “é você que eu quero pro resto da minha vida”, que você olha e planeja a sua vida inteira, quantos filhos vão ter, onde vamos morar, essas coisas. Ela é aquela pessoa que é carinhosa e boba ao mesmo tempo, sabe? Ela sabe a hora de dar um beijinho e a hora de dar aquele beijão de tirar o fôlego. É daquelas pessoas que você tem que acordar e ver um SMS dela de “bom dia”, se não o seu dia não é a mesma coisa. Ela é aquela pessoa por quem vale chorar de saudade, e que sem querer você consegue fazer ela chorar de rir. Ela é daquelas por quem você troca um domingo no cinema com os amigos por um domingo embaixo do cobertor no sofá da sala, e pra falar a verdade, você nem entende o filme. Prometo te aguentar todos os dias, por mais que isso não seja fácil as vezes. Prometo te amar cada segundo como se fosse o último, prometo te fazer a mulher mais feliz desse mundo, prometo ficar com você o tempo todo se possível for. Quando você ficar mal, prometo largar tudo pra ir te encontrar e cuidar de ti. Prometo ir contigo a onde você quiser, mesmo que eu não queira. Prometo maneirar nas brigas e nos ciúmes, mas isso não quer dizer que não vamos ter, porque vamos sim. Vou te apoiar no que você precisar, vou brigar contigo quando precisar. Vou ser seu homem, seu amante, seu amigo, seu segundo pai, seu. Vou te amar sem medo, te amar pra sempre se você permitir. Vou aturar todos os seus humores, amar todos os seus defeitos como amo suas qualidades, amar seus sorrisos e suas lágrimas. Vou amar até seus ciúmes descontrolados, sua TPM, sua meiguice, sua chatice… Vou te amar de todos os jeitos… 
Eu já não me aguentava de tanto chorar. Quando ele terminou eu fui correndo abraçar ele e escorreguei mas não cai.
— 
Nossa —Ri emocionada— Eu te amo meu amor, você é tudo na minha vida, e é com você que eu quero passar o resto da minha vida. Eu te amo Jorge. Como você consegue ser tão, tão meu? Tão perfeito?
Ele não disse nada apenas me beijou. A Festa continuou.
Pa
ssado alguns meses, estavam faltando um mês e meio para o casamento. Eu e o Jorge fomos escolher a decoração.
— Amor amor amor! —Disse meio que pulando em cima dele—
— Aaah não amor, eu quero dormir uai!
— Aah coi
sa chata! 
Me levantei e ele me pegou pelo braço.
— Tô brincando amor, que que tem? — Di
sse Jorge com a fala rouca —
— Amor do céu, a gente tem que e
scolher a decoração amor!
— É “memo” né amor? Tenho que tomar banho  primeiro.
— Aaah não eu vou primeiro.
— Vai, de
sde que eu ganhe algo em troca.
Jorge fala e me puxa pelo cabelo selando nossos lábios. 

— Depoi
s amor depois…
Tomamo
s banho e colocamos essa roupa:
Eu:

Jorge:


Chegamos lá e começamos a escolher. Eu gostei de um e falei que queria aquela decoração, mas logo disse que não.
— Por quê?
— Jorge, é linda e tudo mai
s é cara amor. -ri sem graça-
— E dai mor? Ca
samento é 1 só!
— Aah 
sei lá… Melhor a gente pegar um mais em conta.
— Eu go
stei desse que você gostou, então é esse amor.
— Ta bom Jorge, ta bom.
Pa
ssamos o dia todo escolhendo a decoração. E Foram aseguintes:
Altar:

Convite
s:

No salão:

Me
sa:


Escolhemos tudo e voltamos para casa, entramos no carro e eu senti uma lágrima escorrer pelo meu rosto.
— O Que foi meu bem? Cê ta chorando é?
— Tô Jorge. — Chorei mai
s ainda—
Ele virou pra mim e 
secou minhas lágrimas.
— Mor, não chora não, 
se não eu vou achar que tô te fazendo algum mal.
— Ah mor, é que 
sabe? Eu jurei que nunca ia casar -ri- ai agora vem você e muda tudo -ri- , e agora eu me sinto amada. E sem falar da felicidade que eu sinto, cara, não da pra mim descrever…
— Ooh meeu bem, eu que tenho que agradecer você, por tudo, por ter compreendido minha rotina, minha
s fãs que são tudo pra mim.
— Te amo. 
Eu mal con
seguia falar, era emocionante demais.
— Eu que amo você! 
Chegamos em casa e eu fui direto pro banheiro, esqueci que eu estava atrasada. Acho que eu estava gravida. Mas não comentei, decidi ir comprar um teste no outro dia e desci pra sala com o Jorge.

— Mor? 
— Oi vida. — Respondi—
— Ta com o pensamento longe, que que foi ?
— Nada mor.
— Ana Paula!
— É Jorge, não é nada.
— Não mente pra mim meu.
— Ta, eu acho que eu tô gravida!


Anonymous sussurou: thamy já to velhinha gaga de tanto esperar vc continuar a fic, por favor posta hoje :)

Meu anjoo :/ Meu word não ta querendo abrir =/ É La que fica os cap que eu escrevo


THEME©